Image

Estudantes das unidades de ensino do Instituto Centec participam da Feira do Conhecimento para mostrar os avanços de suas pesquisas. Estarão presentes no evento professores e alunos das Faculdades de Tecnologia Centec (Fatecs) Cariri e Sertão Central e do Centro Vocacional Técnico (CVTec) do Crato. As unidades são mantidas pelo Instituto Centec por meio de contrato de gestão com a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior Ensino (Secitece).

Construído em um espaço de 50 metros quadrados, o estande do Centec vai reunir projetos com diferentes soluções para a vida urbana e rural. A Casa Inteligente, por exemplo, vai emular um ambiente com soluções de automação que usa inteligência artificial. Já o projeto de adaptação do Capiaçu, um clone do capim-elefante usado na alimentação bovina, tem o objetivo de viabilizar o cultivo desse tipo de capim nas condições do Semiárido.

A participação do Centec na Feira do Conhecimento também contará com momentos de degustação de receitas desenvolvidas pelos alunos do curso de Gastronomia do CVTec Crato e do Curso Superior de Tecnologia em Alimentos da Fatec Cariri.

 

SERVIÇO

Centec na Feira do Conhecimento 2022
De 03 a 05 de novembro, a partir das 14 horas

 

Faça sua inscrição!

 

Confira a relação completa dos projetos do estande do Centec

Avaliação da adaptação do BRS Capiaçu às condições edafoclimáticas do semiárido brasileiro

O BRS Capiaçu é um cultivar de capim-elefante desenvolvido pelo programa de melhoramento genético da Embrapa Gado de Leite em 2015 com o objetivo de proporcionar aos produtores melhores quantidades e qualidade da forragem para alimentação dos animais. Essa cultivar tem boa adaptação às condições edafoclimáticas (água, temperatura, radiação solar, macro e microminerais) da região sudeste do Brasil.

A pesquisa realizada pelos alunos dos cursos de Tecnologia em Irrigação e Drenagem e Tecnologia da Manutenção Industrial da Fatec Cariri considera as características do Semiárido brasileiro e a necessidade de contar com uma forragem adaptada às condições edafoclimáticas típicas da nossa região. Em sua primeira parte, o estudo objetiva avaliar o efeito do estresse salino (causado a partir da aplicação da mistura de cloreto de sódio com água de abastecimento urbano) sobre o BRS Capiaçu através de diferentes níveis de salinidade na água de irrigação.

Lounge-casa inteligente com interação por voz com Jarvis

A automação residencial é uma forma de promover comodidade para os usuários, sobretudo para aqueles que possuem algum tipo de deficiência – por meio da automação, por exemplo, esse usuário aciona seus equipamentos sem necessidade de grandes esforços ou do auxílio de terceiros.

Com esse foco em mente, o propósito do projeto é demonstrar o funcionamento de uma automação de baixo custo capaz de controlar um setor específico, como este lounge. A automação utiliza a aplicação Jarvis, que possui mecanismos de Inteligência Artificial capazes de interagir com diferentes mecanismos e realizar, por exemplo, o controle de iluminação e som, permitir o acesso de pessoas ao ambiente e acionar eletrodomésticos.

O lounge-casa inteligente utiliza comando de voz pela integração com um sistema de Inteligência Artificial, o que possibilita o desenvolvimento de ações padronizadas segundo o comportamento dos usuários. Desta forma, o projeto busca originalidade nas soluções apresentadas e no método de implementação.

Ações para o fortalecimento da cadeia do leite em Quixeramobim

O município de Quixeramobim é um dos grandes produtores de leite e derivados do Ceará. Considerando as exigências normativas, que se atualizam constantemente, e o potencial da região, faz-se necessário criar políticas e ações que garantam a qualidade de todos os processos em torno da cadeia do leite do município.

Este projeto tem o objetivo de avaliar a influência do grau de instrução e do nível de conhecimento dos produtores sobre as normas de qualidade, bem como sobre a utilização de técnicas de manejo e de equipamentos para ordenha e refrigeração do leite.

Um dos principais pontos avaliados diz respeito à adequação das propriedades às exigências da Instrução Normativa 76/2018 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que exige análises mensais a partir de amostras do leite de tanque de todas as propriedades.

Reuso de água de ar-condicionado e de destiladores de água para aproveitamento
no cultivo de hortaliças

É possível evitar o desperdício da água resultante dos ar-condicionados das salas de aula e da produção de água destilada pelos laboratórios da Faculdade de Tecnologia
do Cariri (FATEC Cariri)? Este projeto concentra esforços em considerar útil e valiosa cada gota, e a intenção principal é utilizar essas águas no cultivo de vegetais para consumo humano.

A pesquisa vai analisar os parâmetros químicos e microbiológicos dessas águas para determinar seu potencial de reuso, reduzindo assim o uso de água potável em fins agrícolas.

Beneficiamento do pequi

A pesquisa visa mostrar os produtos adquiridos por meio do beneficiamento do pequi. O trabalho, realizado pelo grupo de pesquisa em Biotecnologia em Produtos Naturais (BPN), do curso superior de Tecnologia em Alimentos, possibilitou obter óleos fixos da polpa e da amêndoa e farinha da casca, polpa e amêndoas. Estes produtos podem ser utilizados no enriquecimento nutricional de alimentos e na produção de biscoitos.
Por meio desta pesquisa, o grupo objetiva estudar compostos bioativos e suas propriedades biológicas, a caracterização nutricional de produtos vegetais in natura e processados e o aproveitamento de subprodutos para uso no desenvolvimento de novos produtos alimentícios.

Sorvete de pipoca caramelizada com amendoim

Os alunos de Gastronomia do CVTEC Crato unem nesta receita dois sabores que remetem à infância. O sorvete é produzido a partir da pipoca caramelizada e possui sabor inovador, capaz de agradar o paladar de todos.

Pudim de macaúba

A macaúba é uma frutinha pequena de polpa densa, saborosa e saudável, rica em zinco e fibras. O pudim feito a partir dessa polpa tem sabor intenso e textura suave. É uma receita perfeita para sobremesa ou lanche de quem opta por uma alimentação balanceada e funcional.

Monitoramento de irrigação localizada com tensiômetro digital

O acompanhamento do nível de umidade no solo na zona de maior atividade das raízes tem sido recomendado com uma forma pertinente de verificação da efetividade das irrigações. Esse acompanhamento pode ser realizado indiretamente por meio de medidas da tensão da água quando se encontra retida no solo. Com essas medidas, tanto superficiais quanto em profundidade, é possível identificar se o solo está suficientemente seco para o reinício das irrigações ou suficientemente úmido para interromper tal processo. Essas medidas podem ser conseguidas facilmente utilizando um tensiômetro. Nesse contexto, o projeto tem o objetivo de monitorar a umidade do solo na zona radicular do feijoeiro irrigado utilizando um tensiômetro digital.

Barra de pesquisa

Assessoria de Marketing e Comunicação (ASMC)

Equipe

Coordenador: Gerardo Newton
– gerardo@centec.org.br

Assessora de imprensa: Caroline Avendaño
 carol@centec.org.br

Design e criação: Atila Tahim
– atila@centec.org.br

Contatos

Telefone: (85) 3066-7013 / 7048
E-mail: marketing@centec.org.br