Image

A II Feira Impulsiona Ceará do Vale do Jaguaribe foi realizada nos dias 10 e 11 de novembro e movimentou produtores e empreendedores da região. O evento, que aconteceu em Limoeiro do Norte, é uma iniciativa da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), apoiada pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet) e executada pelo Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec).

Durante a solenidade de abertura, o diretor-presidente do Centec, Silas Alencar, ressaltou o trabalho que vem sendo feito há mais de um ano. “Estamos empenhados na tabulação de dados e no trabalho de campo que levou à identificação destes APLs. Todo o estado ganha com esse estudo profundo de fortalecimento aos produtores locais”, afirmou.

O secretário do Trabalho e Desenvolvimento da Sedet, Kennedy Vasconcelos, falou sobre a importância de programas como o Impulsiona Ceará para o desenvolvimento do Estado. “Esta é uma ferramenta de busca pelo desenvolvimento e fortalecimento dos produtores locais do Ceará. Foi feito um trabalho de mapeamento preciso e robusto, com informes econômicos e sociais, para criarmos esse programa. Com a feira, incentivamos a exposição, venda dos produtos e a troca de experiências em Limoeiro do Norte”, afirmou Vasconcelos.

O diretor de Suporte a Infraestrutura da Adece, Expedito Parente, acrescentou que a iniciativa passa por incentivos ao empreendedorismo e acesso a políticas de crédito, desenvolvidas pelo Governo do Ceará, como o Ceará Credi. “Essa região tem um potencial de desenvolvimento muito grande e nosso objetivo é trazer soluções para os empreendedores e dar condições para os negócios prosperarem”, afirmou.

Ao longo dos dois dias de evento, o público teve acesso a workshops, oficinas e palestras com temáticas voltadas para a gestão dos negócios, incluindo a formação de preço de produtos e serviços, até a comercialização aliada às mídias sociais.

Expositores
A II Feira Impulsiona Ceará trouxe para o público a exposição dos APLs locais, como o de serviço de transporte e reparação automotiva, de Tabuleiro do Norte; fabricação de peças de motos, de Russas; caprinocultura de leite, de Jaguaretama; artesanato de palha de carnaúba de Aracati, Palhano e Itaiçaba; queijo do Vale do Jaguaribe; e redes de Jaguaruana.

A expositora Fabíola Diógenes levou para a feira os queijos maturados que produz e disse que viu no espaço uma oportunidade de trocar experiências e fazer novos negócios. “Venho de uma família de produtores de queijo. Estamos inovando maturando os queijos coalhos e trazendo um produto novo para o mercado. O evento é uma oportunidade para divulgarmos nosso produto”, afirmou.

O que é APL?
Os Arranjos Produtivos Locais (APLs) são formados por atores econômicos, políticos e sociais, localizados em um território, desenvolvendo atividades produtivas especializadas em um determinado setor. Ao longo de dois ciclos do Programa, iniciado em 2021, a equipe técnica do Impulsiona Ceará já identificou 35 APLs em todo Estado.

 

 

 

Barra de pesquisa

Assessoria de Marketing e Comunicação (ASMC)

Equipe

Coordenador: Gerardo Newton
– gerardo@centec.org.br

Assessora de imprensa: Caroline Avendaño
 carol@centec.org.br

Design e criação: Atila Tahim
– atila@centec.org.br

Contatos

Telefone: (85) 3066-7013 / 7048
E-mail: marketing@centec.org.br