O Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) foi criado em 9 de março de 1999 e é uma sociedade civil de direito privado sem fins lucrativos, qualificada pelo Governo do Estado do Ceará como Organização Social (OS), por meio do Decreto Nº 25.927, de 29 de junho de 2000.

A primeira ideia do que viria a ser o Centec surgiu em 1996, quando a Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece) iniciou os projetos “Centec” e “CVT” com o objetivo de interiorizar o ensino profissionalizante e a extensão tecnológica no Ceará.

 

O PROJETO CENTEC

 

O Centro de Ensino Tecnológico tinha como principal objetivo a educação pós Ensino Médio em áreas do conhecimento prioritárias para o desenvolvimento do interior do Estado. Os primeiros cursos foram de Tecnologia de Alimentos, Eletromecânica e Recursos Hídricos, com foco em Irrigação e Saneamento Ambiental. Além de Ensino Tecnológico, realizava-se pesquisa, extensão tecnológica, prestação de serviços e assistência técnica.  A primeira unidade do Centec foi implantada em Limoeiro do Norte, em 1997, e em Juazeiro do Norte e Sobral, em 1998.

 

O PROJETO CVT

 

Os Centros Vocacionais Tecnológicos foram idealizados para capacitar as pessoas para o trabalho em 40 municípios cearenses. Eles ofereciam também aulas práticas de física, química, matemática, biologia e informática aos professores e alunos do Ensino Fundamental e Médio das Redes Públicas de Ensino (estadual e municipal); assistência tecnológica; serviços de análises, testes, ensaios; e informações tecnológicas à população. Os CVTs foram criados com a orientação de atuar com ênfase na vocação regional e local.

As primeiras unidades foram implantadas em 1996 em Jucás e Limoeiro do Norte e, em seguida, vieram: Aracoiaba, Itaiçaba, Tabuleiro do Norte, Piquet Carneiro, Orós, Ipu, Quixeré, Santa Quitéria e Tauá; e assim por diante, até completar 38 Centros.

As equipes que atuavam nos CVTs participavam de treinamentos no Centro de Formação de Instrutores (CFI) onde, atualmente, funciona o CVT Fortaleza.

Com sucesso alcançado dos projetos CENTEC e CVT e desejando expandir as ações, o Governo do Estado do Ceará incentivou, em março de 1999, a criação do Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) com o compromisso de prestar serviços na área social, através de contratos de gestão, habilitando-o à captação de recursos para atendimento direto à comunidade. Assim, o Instituto Centec passou a gerenciar as Unidades Descentralizadas de Limoeiro do Norte, Sobral e Juazeiro do Norte e os Centros Vocacionais Tecnológicos.

Durante todo esse percurso, já foram capacitados:

  • 444.505 pessoas em cursos de curta duração de diversas áreas;
  • 23.473 professores das redes municipal e estadual de ensino;
  • 372.194 horas de práticas laboratoriais para alunos da rede pública.

Por meio de questionário socioeconômico, observa-se que a maioria do público atendido pelos cursos de capacitação do Centec tem renda de apenas um salário mínimo, está fora do mercado de trabalho e é composto por jovens de 16 e 28 anos, demonstrando que as unidades do Centec ainda têm um papel significativo no desenvolvimento do Estado, por meio da qualificação de mão de obra para seus projetos estruturantes.

Os CVTs tornaram-se referência em todo o país e foram adotados como uma política nacional pelo Ministério da Educação e do Desporto (MEC) e pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTI) e foram replicados por todo o país.