Projeto de inclusão digital deve atender jovens e adultos de oito bairros da periferia de Fortaleza através de convênio entre STDS e Instituto CENTEC.

Será iniciada esta semana a reforma e ampliação de sete projetos Aprender, Brincar e Crescer (ABC) em Fortaleza, que serão transformados em Centros de Inclusão Tecnológica e Social (CITS) em bairros da periferia. A licitação já foi feita, informa Geórgia Aguiar, diretora de Extensão Tecnológica do Instituto Ensino Tecnológico (Centec).